Arquivo mensal: fevereiro 2011

>Músicas da semana – 28/02 a 06/03

>http://listen.grooveshark.com/widget.swf

1 – Ride the Lightning

Artista: Metallica
Álbum: Ride the Lightning
Ano: 1984

2 – O Vencedor

Artista: Los Hermanos
Álbum: Ventura
Ano: 2003
3 – Epic

Artista: Faith No More
Álbum: The Real Thing
Ano: 1989



4 – I Want to Know What Love Is

Artista: Foreigner
Álbum: Agent Provocateur
Ano: 1984

5 – Essa Noite Não

Artista: Lobão
Álbum: Sob o Sol de Parador
Ano: 1989

>Esculturas em alimentos

>Interessantes peças criadas a partir de frutas, legumes e outros alimentos.







>Frases antológicas: Albert Camus

>

Albert Camus foi um escritor e filósofo francês nascido na Argélia. À grosso modo, seus livros testemunham as angústias de seu tempo e os dilemas e conflitos já observados por escritores que o precederam, tal como Franz Kafka, Dostoiévski.
Camus ganhou o Nobel de Literatura em 1957. Entre suas obras destacam-se: “O Avesso e o Direito”, “O estrangeiro”, “O mito de Sísifo”, “O homem revoltado”, “O exílio e o reino” e “A Pedra que brota”.

Frases

“Charme é conseguir a resposta ‘sim’ sem ter feito nenhuma pergunta clara”.

“Não quero ser um génio… Já tenho problemas suficientes ao tentar ser um homem.”

“O homem tem duas faces: não pode amar ninguém, se não se amar a si próprio.”

“A política e os destinos da humanidade são forjados por homens sem ideais nem grandeza. Aqueles que têm grandeza interior não se encaminham para a política.”

“O que é a felicidade além da simples harmonia entre o homem e a vida que ele leva?”

“Começar a pensar é começar a ser atormentado.”

“A negação é o Deus dos existencialistas.”

“O absurdo me esclarece o seguinte ponto: não há amanhã.”

“O homem cotidiano não gosta de demorar. Pelo contrário, tudo o apressa. Ao mesmo tempo, porém, nada lhe interessa além de si mesmo, principalmente aquilo que poderia ser.”

“Um homem sem memória é um homem sem passado. Mas um homem que não sabe fantasiar é um homem sem futuro.”

“O absurdo é a razão lúcida que constata os seus limites”.

“Não ser amado é falta de sorte, mas não amar é a própria infelicidade.”

“O homem é a única criatura que se recusa a ser o que é.”

“Ah! Meu caro, para quem está só, sem Deus e sem senhor, o peso dos dias é terrível…”

“Mesmo no banco dos réus, é sempre interessante ouvir falar de si mesmo.”

“A grandeza consiste em tentar ser grande. Não há outro meio.”

“Outono é outra primavera, cada folha uma flor.”

>? + ? – ? = ?

>

“4+3-1= 6”. Preste atenção: quando a gente dá de cara com uma continha como essa, nosso cérebro sem “pestanejar” vai logo lendo “quatro mais três menos um igual a seis”. Mas por que a gente não lê “quatro, cruzinha, três, tracinho, um, dois tracinhos, seis”? Ora, porque sabemos que a tal cruzinha é o “mais”, o sinal de adição. E que um tracinho quer dizer subtração e dois tracinhos, igualdade!

Mas o que você provavelmente não sabe é que uma cruzinha entre dois números significa adição por causa de um sujeito chamado João Widman d’Eger, que escreveu um livro em 1498 chamado Aritimética Comercial, que foi a “estréia” dos sinais de “mais” e “menos”. Só que nesse livro os sinais ainda não tinham o mesmo siginificado que eles têm hoje: “mais” e “menos” serviam só para dizer se um negócio havia dado lucro ou prejuízo.

Eles só viraram símbolos matemáticos em 1557, quando começaram a ser usados por Robert Record. Alías, Record foi responsável pelo nascimento de um outro sinal importante: os dois tracinhos da igualdade, que deram o ar de sua graça pela primeira vez em um livro do Robert publicado em 1540!

>Lee X Norris

>

Nada de Silva x Belfort, Tyson x Holyfield ou Ali x Foreman. A luta do século, com certeza, teria sido esta:

Bruce Lee X Chuck Norris

>Músicas da semana – 21/02 a 27/02

>http://listen.grooveshark.com/widget.swf

1 – Are You Gonna Be My Girl

Artista: Jet
Álbum: Get Born
Ano: 2003

2 – Son of a Preacher Man

Artista: Dusty Springfield
Álbum: Pulp Fiction Original Soundtrack
Ano: 1994
3 – Noites de Um Verão Qualquer

Artista: Skank
Álbum: Estandarte
Ano: 2008



4 – Tropicália

Artista: Caetano Veloso
Álbum: Caetano Veloso
Ano: 1967

5 – Low Rider

Artista: War
Álbum: Why Can’t We Be Friends
Ano: 1975

>Os tipos de cerveja

>

As cervejas se dividem em oito tipos. Você saberia dizer os nomes de todos eles? E além do nome, sabe descrever suas características?

Trappiste: Cerveja de alta fermentação produzida em apenas seis mosteiros na Bélgica e na Holanda. Geralmente, são fechadas com rolhas e a fermentação continua na garrafa. Possui grau alcoólico alto (8%) e sabor forte levemente apimentado, por causa do tipo de lúpulo utilizado.

Weissbier: Em alemão, weissbier significa “cerveja branca”, uma referência ao uso de trigo em vez de cevada para fazer malte. Essas cervejas de alta fermentação e teor alcoólico de 5% têm aromas que lembram maçã cozida e cravo.

Pale Ale: Ao contrário dos outros tipos de alta fermentação, em geral escuros, a pale ale normalmente é dourada. Seu gosto também é único: além do álcool, o tipo de levedura utilizado gera substâncias aromáticas que lembram o gosto de frutas.

Dry Stout: A marca Guiness é a mais famosa desse estilo de cerveja, de cor quase totalmente negra, surgida na Irlanda e produzida tanto por alta como por baixa fermentação. O gosto seco e amargo da torragem do malte e da cevada lembra um pouco o sabor de café. O teor alcoólico geralmente é médio, variando entre 5 e 6%.

Bock: Muito apreciada no inverno, único período do ano em que é produzida, a bock é uma variedade escura e forte por causa do malte bem torrado e do lúpulo amargo. Foi inventada no século 14 na cidade de Einbeck, na Alemanha. O nome original dessa cerveja de baixa fermentação era beck, uma homenagem à região onde apareceu.

Draft: Com menos de 5% de teor alcoólico, é o tipo mais popular nos Estados Unidos, onde a marca Miller é uma das mais consumidas. Também pertence à família de baixa fermentação – a diferença é que a draft não passa pelo processo de pasteurização, mas por uma filtragem que retira microrganismos e aumenta sua validade.

Pilsen: O tipo mais conhecido no Brasil pertence à família das cervejas de baixa fermentação e surgiu em 1842, na cidade de Pilsen, na República Tcheca. Em geral, têm teor alcoólico de 5% e lúpulo amargo, que causa aquela sensação de boca seca. O chope é uma pilsen, mas, por não ser pasteurizado, só dura um mês.

Framboise: Criada no século 17, essa cerveja belga é a única feita com a fermentação espontânea dos próprios microrganismos do ar. Por isso, sua qualidade varia muito. Para diminuir a acidez do sabor, os inventores acrescentaram xarope de framboesa, gerando a cor avermelhada dessa variedade.

>Frases antológicas: La Fontaine

>

Jean de La Fontaine foi um poeta e fabulista francês. Suas fábulas continham histórias de animais, magistralmente contadas, contendo um fundo moral. Escritas em linguagem simples e atraente, as fábulas de La Fontaine conquistaram imediatamente seus leitores. Algumas fábulas escritas e reescritas por ele são “A Lebre e a Tartaruga”, “O Homem, O Menino e a Mula”, “O Leão e o Rato”, e “O Carvalho e o Caniço”.

Frases:

“Perdoamos tudo a nós próprios e nada aos outros”.

“Nada há de mais perigoso que um amigo ignorante. Mais vale um sábio inimigo.”

“A vergonha de reconhecer o primeiro erro leva a cometer muitos outros.”

“Arriscamo-nos a perder quando queremos ganhar demais.”

“Quando desejamos pomo-nos à disposição de quem esperamos.”

“Barriga vazia não tem ouvidos.”

“Nas asas do tempo, a tristeza voa.”

“A ausência é a causa de todos os males.”

“A excessiva atenção que se presta ao perigo faz que muitas vezes nele se caia.”

“Um autor estraga tudo quando pretende fazer bem de mais.”

“Ao longo da tua vida tem cuidado para não julgares as pessoas pelas aparências.”

“A razão do mais forte é sempre a melhor.”

“Confia apenas em ti; o teu melhor amigo e parente és tu próprio.”

“E cada um acredita, facilmente, no que teme e no que deseja.”

“Nem a fortuna nem a grandeza são, por si sós, suficientes para sermos felizes.”

“Não poucas vezes esbarramos com o nosso destino pelos caminhos que escolhemos para fugir dele.”

“Toda força será fraca, se não estiver unida.”

“Paciência e tempo dão mais resultado que força e raiva.”

>Algo de bom

>O comercial português da companhia LG é um exemplo de simplicidade e poesia. Dirigido por Rui Vieira, o filme tem muita qualidade técnica e de conteúdo. Merece uma salva de palmas!

ALGO DE BOM from rui vieira on Vimeo.

>Ricardo Vignini e Zé Helder

>

Não sei quem são Ricardo Vignini, muito menos Zé Helder. Mas achei fantásticas as versões que fizeram de músicas famosas do rock e metal utilizando inusitadas violas caipiras. A sonoridade ficou incrível. Apreciem Aces High do Iron Maiden e Kashmir do Led Zeppelin.